devaneios, palavras, pensamentos, sentimentos, momentos...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

falta...

Olhando a noite la fora, a madrugada que chega, a parte mais escura da noite... antes que o sol apareça.
Encontro respostas para minhas antigas indagações.
A bola de neve que se formou em volta do sentimento foi tão grande que ofuscou nossa visão.
Fez-nos cegos, mesmo vendo, ofuscou o sentimento, trazendo desentendimento.
Ah, se ao passado pudesse voltar, num passe de mágicas resgatar o perdido, o embasado, o confundido. 
Mudaria o presente triste que me assola, que me desmancha a cada dia, e viveria a felicidade de outrora.
Me deste o teu tudo, e eu queria o meu nada. Me deste o teu mundo, mas na cegueira voraz, não pensei antes um segundo, e julguei-te por engano. Tão tola fui.
Meus olhos não se cansam de chorar, lavando minha alma tão triste a se despedaçar.
Meu coração não mais existe, não o sinto mais bater, pois sem ter sua presença, passei logo a morrer.
Morro um pouco a cada dia, consolada pela dor que me angustia. 
Não soube o teu amor aceitar, mal eu soube se quer te amar.
Como poderei seguir, na sombra de um erro tão imenso. 
Como pude de ti perder aquele amor tão intenso. 
Só o teu perdão, poderá de meus olhos as lágrimas enxugar, à minha alma trazer paz e ao meu rosto trazer, o sorriso volta.
Passarei o restante de meus dias a esperar esse tempo passar, pra que eu possa novamente teu rosto contemplar,  na beleza do teu olhar, poder assim me encontrar.


*saudades ....

Um comentário:

ensaiossobreloucura disse...

^^ eu sou mais inteligivel nas madrugadas. é mais fácil de pensar, seila ioaoiaioa :D

SEJAM BEM-VINDOS,ESTAMOS EM MANUTENÇÃO

POSTAGENS MAIS RECENTES